segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 112



Estou exausto -.-

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 111

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 110





Eu tenho essa idéia de brincar com cadeira de rodas desde a primeira edição... Finalmente achei uma forma de brincar com isso sem ofender as pessoas. Sempre vi várias maneiras de você usar uma, mas pela natureza triste, fica dificil mesmo, fazer uma piada...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 109







Beijos pra minha mãe que fez aniversário, e não consegue ficar longe do controle da cama do hospital.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O "Eu" Cotidiano 108

Loki, o Cão Maravilha tem o posto glorioso desde a edição 51. É um trabalho duro... mas... não, não é duro. duro é ter que ficar sem cerveja.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O "Eu" Cotidiano 106


Essa foi pra quem conhece e acompanha O "Eu" Cotidiano desde o início... Se quiser fazer parte desse distinto e intelectual grupo, e acha que está tarde, não se desespere. Clique aqui :)

terça-feira, 11 de outubro de 2011

O "Eu" Cotidiano 105




Meio de última hora, já que eu precisei ficar tentando colocar minhas malditas lentes de contato!!!! POR QUÊ EU FUI TER ESSA IDÉIA???

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O "Eu" Cotidiano 104

Sei que as amamos, mas algumas vezes, tenho a impressão... de que são... LOUCAS!!!!!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 103


Estou viciado em CANDYPOT!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 102





Ódio solidário para quem mora no centro.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O "Eu" Cotidiano 101



O "Eu" Cotidiano 101

Well, nada melhor que receber os amigos em casa... Nada pior do que lembrar, no dia seguinte, que a vida continua e que os momentos de real felicidade são poucos... Ainda assim, é divertido ter esse trabalho todo de vez em qdo. Luv you guys! :D

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Girlpower




Promessa é dívida...

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O "Eu" Cotidiano 100








A todos os fãs do "Eu"

Edição 100 é um marco... Não é nada ruim você olhar pra trás e ver traços da sua evolução pessoal e artística, olhando 100 edições de suas firulas internas publicadas, mesmo que num local sem muito custo como a internet. É uma delícia olhar quantos fãs você adquiriu, quantas pessoas gostam e não gostam do seu trabalho, acompanhando seu crescimento. E escolhi hoje para publicar isso, porque hoje é um dia que pra mim se trata de crescimento...

Faço aniversário dia 20 de maio, e quis usar esta historinha como um marco de um fechamento de ciclo... é importante fechar ciclos, especialmente se esse ciclo te ensinou tanto... O "Eu" Cotidiano, pra mim é mais do que uma diversão e aprendizado de técnicas, é uma forma que eu tenho de olhar as minhas imaturidades, anseios e aprender com eles... Posso dizer tranquilamente que nunca mais tive um dia de depressão desde que comecei a rir das minhas situações através dele. E espero que tenha feito o mesmo a vocês, ao tentar passar isso de uma forma universal... "Eu" não sou eu, André. "Eu" é a idéia de qualquer pessoa, você, que está lendo, inclusive, passa por isso e tem que aprender com as situações... Somos todos animais pensantes, crescendo e evoluindo através das sutilezas da vida.

Queria agradecer muita gente por ter acompanhado esse meu alter-ego por dentro de sua imaginação. Fãs, amigos, inimigos, pessoas que pensam diferente... Sem as diferenças, não existiria ironia cotidiana, e não existiria O "Eu" Cotidiano.

Meu especial obrigado aos meus pais que sempre me apoiaram a me tornar um artista, aos meus melhores amigos, dentre eles Lucas e Mariana - que curiosamente possuem o sobrenome Santos, que são meus queridos santos, pros bons e maus momentos, e já foram parte da minha história aqui e sempre.

Enjoy ;)

PS: Habib`s, eu não esqueci d vc. vc é foda haha

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O "Eu" Cotidiano 99




Um dia estava eu esperando o bus pro trabalho, e me passou outro desses carros de gás, tocando Für Elise. Foi então que pensei... Se eu fosse Beethoven, eu não me reviraria no túmulo, eu voltava dos mortos pra provocar um genocídio...

Dreh